Textos

FAMA E NOTORIEDADE

Em tempos de Redes Sociais, a popularidade canibalizou a notoriedade. Não é à toa que vemos personagens extremamente vulgares se comportarem como influenciadores digitais. Além disso, se revelou o aspecto de submissão intelectual de uma classe de brasileiros, que ainda se comporta como indígenas reverenciando totens. Bajulam juízes midiáticos, procuradores televisivos, políticos de ocasião, jornalistas de primeira página, escritores caça prêmios, etc. A maioria deles, muito mais de sofistas banais do que pensadores de profundidade. Extinguiu-se a relevância social como pré-requisito para o reconhecimento público. A Internet não deu voz aos imbecis, como dizem por aí; a Internet revelou o que ainda somos: uma tribo em busca de entidades que ofereçam sentido a nossa ignorância.
Alexandre Coslei
Enviado por Alexandre Coslei em 08/01/2018


Comentários